O que são Brads e para que servem?

Entre os elementos de fixação profissionais, além dos parafusos, grampos industriais e pregos em rolo coil, um importante fixador surge para resolver os problemas de aderência: os Brads ou também conhecidos como pinos T. Devido às suas características, esses tipos de pregos são, na verdade, pinos para pinador largamente usados na construção civil e na marcenaria em geral.

O brad se parece com um prego comum, à primeira vista, porém, se analisarmos com cuidado, percebe-se que seu corpo é quadrado (corpo prismático) e seu diâmetro, geralmente, é menor que o de um prego em rolo, por exemplo. A maioria dos brads encontrados no mercado são produzidos com aço e galvanizados a fogo, o que confere maior proteção contra a corrosão.

Ao ser utilizado em madeira, por exemplo, o brad (pino T) tem o mesmo princípio dos demais tipos de pregos: penetram no material cortando os “veios” e empurram as pontas das cerdas que se romperam para baixo. Dessa forma, criam um tipo de trava que dificulta a sua remoção. Eles podem ser aplicados com martelos comuns ou, em casos de alta demanda, com martelos pneumáticos ou pregadeira elétrica.

A maior diferença percebida entre os pregos comuns e os pinos tipo T está no nível de fixação nos materiais, especialmente em madeira. O pino tipo t, com secção quadrada, adere melhor que os demais de forma que a estrutura fica mais fixa e não se solta. Esse elemento de fixação proporciona excelentes resultados em todas as aplicações a que se destina.

Os brads são ideais para barcos, na fixação dos cascos da embarcação e no acabamento interno. Aplicam-se também em mata-burros, decks de piscina, portas, janelas, móveis, calçados, molduras, entre outros. Por sua estrutura, são utilizados em larga escala nos trabalhos de acabamento que exigem alta performance.